Porque investir em diversos canais simultaneamente é essencial para o seu negócio

Muitas empresas que estão começando ou são de pequeno porte se vêem de mãos atadas com as limitações impostas pela situação sanitária mundial, porém com uma estratégia multicanal você pode manter seu negócio funcionando sem muito esforço.

Quando começamos uma estratégia de vendas, é sempre necessário formular um jeito eficaz de entrar em contato com seus clientes e expor seus produtos ou serviços. Atualmente, existem diversas formas de se vender pela internet, ainda sim, não é prudente investir somente em um canal. o essencial é usar as duas formas de interação: virtual e presencial.

Devido a pandemia, muitas pessoas mudaram sua forma de consumir. Seja por aplicativos ou não, os consumidores continuam precisando de uma forma eficaz de comprar o que precisam. Não existe uma fórmula secreta para que sua estratégia dê certo, mas existem medidas que podem ajudar sua página a vender mais usando os dois meios.

Os resultados de uma pesquisa feita pela Opinion Box em 2021 demonstram como as vendas multicanal são, hoje, essenciais para qualquer negócio, independentemente de porte ou segmento de atuação. Por isso, essa estratégia de multicanal está cada vez mais consolidada, envolvendo não apenas loja física e online, como também outras frentes importantes para o consumidor, como redes sociais, aplicativos de mensagens e marketplaces. 

Podemos dizer que, hoje, existem dois canais mais tradicionais para a venda: a loja física e a online. No entanto, apesar de estar utilizando esse nome, vale ressaltar que não necessariamente precisa existir uma “loja”, somente um contato para a venda. Cada espaço oferece seus benefícios e estratégias próprias, embora pareça que esses canais conversam entre si, cada um precisa ter sua estratégia individual: esse, aliás, é um dos maiores pontos de atenção quando falamos de multicanal., como facebook e instagram, ainda sim cada um necessita de sua estratégia específica.

De acordo com a pesquisa da Opinion Box, Social Miner e All iN , praticidade, preços mais atrativos, melhores promoções e facilidade na pesquisa de preços e produtos são os aspectos de preferência no online. Já quem prioriza a compra física, a escolhe por não pagar pelo frete, poder ver ou sentir o produto, não precisar esperar para recebê-lo em casa e ter mais segurança na transação.

A facilidade no dia a dia do vendedor é muito maior, porém, mais do que ter esses dois canais, é essencial integrar suas operações, já que questões como estatísticas de venda e controle de estoque e pedidos ficam unificadas e podem ser conferidas em qualquer lugar, na palma da mão. 

Estar nas redes sociais já não é mais uma escolha e sim uma necessidade para aqueles que desejam sucesso em suas vendas. A seleção dos canais deve ser baseada em onde seus clientes estão.

Facebook

No caso do Facebook, além de divulgar seus produtos em uma página do negócio e poder conversar com os clientes pelo Messenger, ainda há diversas opções de venda. É possível utilizar a própria Loja Virtual da rede, que pode ser criada manualmente ou simplesmente sincronizada com outras plataformas digitais de venda, como o catálogo do Kyte; o marketplace, que anuncia itens em uma espécie de classificados para pessoas da sua região; e os tradicionais grupos de compra e venda.

Instagram

O Instagram, por outro lado, não pode ser tratado da mesma forma que o Facebook. 

Uma dica é usar o Instagram como uma ferramenta de engajamento em vez de ofertar produtos diretamente. Apresente seu processo de criação, fale sobre suas técnicas, mostre sua equipe ou seus fornecedores, responda dúvidas, realize pesquisas e, acima de tudo, publique fotos e vídeos de qualidade, que mostrem seus produtos e tenham um lado artístico. Esse tipo de conteúdo funciona muito melhor com o público da rede social, permitindo o desenvolvimento de laços para posterior conversão em vendas.

Whatsapp

O WhatsApp não pode ficar de fora de uma boa estratégia multicanal, já que é, de longe, o aplicativo de mensagens instantâneas mais utilizado no país. Além disso, segundo pesquisa da consultoria Accenture, 83% dos brasileiros utilizam o WhatsApp para fazer compras — 37% deles consomem produtos de grandes empresas e 64%, de pequenas.

 

Para potencializar seu uso, é importante criar um perfil Business para o negócio e disponibilizar o contato nos demais canais de vendas, garantindo que o consumidor tenha acesso à ferramenta. Também é essencial manter esse perfil atualizado e completo, com informações como horário de funcionamento, endereço e redes sociais, assim como uma saudação automática e uma mensagem de ausência com um link de direcionamento para o seu catálogo ou lojinha virtual.

 

Ter esse canal de contato pode ajudar muito no relacionamento com o cliente, seja por conta da agilidade que dá ao processo de compra, da possibilidade de interação avançada ou da personalização das vendas. Mais do que simplesmente olhar um catálogo e escolher um produto, o consumidor pode pedir mais fotos e informações, tirar dúvidas sobre a compra, escolher o meio de pagamento e de entrega do produto, ter um atendimento pessoal mesmo à distância e ainda receber promoções em uma pós-venda.





Quer melhorar os resultados da sua empresa?